16 anos de prisão para português que traiu Pentágono

Portugueses Fora da europa EUA Ver mais

O militar norte-americano com raízes portuguesas Jack Teixeira admitiu na semana passada ter divulgado intencionalmente documentos confidenciais do Pentágono, uma das fugas de informação mais graves de sempre daquela estrutura.

A notícia foi avançada esta segunda-feira pela BBC News, e dá conta que o militar da Guarda Nacional Aérea de Massachusetts aceitou a pena de 16 anos de prisão que lhe foi imposta.

Recorde-se que Jack Teixeira foi detido pelo FBI em 2023 por ter usado a plataforma de comunicação digital Discord para divulgar centenas de documentos sensíveis. Desde então, ficou acusado de seis crimes, cujas sanções aceitou.

Artigo: bomdia.eu

Fotografia: DR

 

Últimas Notícias
Conheça o programa dos 106 anos da Batalha de La Lys
3/04/2024
Conselheira das comunidades homenageada na Venezuela
3/04/2024
Associação que promove a língua portuguesa em Munique comemora 30 anos
3/04/2024
Santuário de Fátima na Venezuela e comunidade portuguesa recebem elogios
3/04/2024
Professor português em Manchester explica o “atraso português”
3/04/2024
Canadá: Semana de Portugal vai durar quase dois meses
3/04/2024
Venezuela: tradições portuguesas de Páscoa continuam vivas… mas caras
3/04/2024
Emigrante português lança livro sobre situação política e social em França
3/04/2024