Em
Mais Lusofonia

9 May 2023

África do Sul: portuguesa detida por suspeita de fraude milionária

Portugueses Fora da europa África do Sul Ver mais

Uma portuguesa de 53 anos foi detida pela polícia da África do Sul por alegado envolvimento numa fraude e lavagem de dinheiro na ordem de 14,7 milhões de rands (730,7 mil euros) na estatal elétrica Eskom, anunciaram as autoridades.

“Maria Cantelo, de 53 anos, uma cidadã portuguesa, foi presa e constituída hoje, 5 de maio, como acusada número cinco pela unidade Hawks de investigação de crimes comerciais graves sediada em Middelburg, no caso de fraude, roubo e lavagem de dinheiro na ordem de 14,7 milhões de rands na Eskom”, referiu em comunicado a porta-voz policial, Sekgotodi Dineo.

À Lusa, a porta-voz avançou que a cidadã portuguesa foi detida na manhã de sexta-feira.

No comunicado, a porta-voz da unidade Hawks da polícia sul-africana salientou que a mulher “facilitou” processos concursais, em 2013, tendo saído em liberdade condicional após o pagamento de uma fiança de cerca de 5.000 euros à justiça sul-africana.

“Alega-se que entre março e abril de 2013, a acusada facilitou os processos de licitação em nome da empresa Angel Frost Investment, e beneficiou do crime”, explicou.

A porta-voz da Hawks acrescentou na nota que a cidadã portuguesa compareceu no tribunal de crimes comerciais de Hendrina, na província de Mpumalanga, que lhe concedeu a liberdade condicional mediante o pagamento de “uma fiança de 100.000.00 rands (cerca de 5.000 euros), com condições”, sem avançar mais detalhes.

“O caso foi adiado para 05 de junho de 2023 para mais investigações e rastreamento de outros acusados”, salientou a porta-voz da polícia sul-africana, acrescentando que Maria Cantelo também comparecerá na audiência do tribunal juntamente com os coacusados no caso de fraude na concessionária pública de eletricidade sul-africana.

Artigo: bomdia.eu

Fotografia: DR

 

Últimas Notícias
Conheça o programa dos 106 anos da Batalha de La Lys
3/04/2024
Conselheira das comunidades homenageada na Venezuela
3/04/2024
Associação que promove a língua portuguesa em Munique comemora 30 anos
3/04/2024
Santuário de Fátima na Venezuela e comunidade portuguesa recebem elogios
3/04/2024
Professor português em Manchester explica o “atraso português”
3/04/2024
Canadá: Semana de Portugal vai durar quase dois meses
3/04/2024
Venezuela: tradições portuguesas de Páscoa continuam vivas… mas caras
3/04/2024
Emigrante português lança livro sobre situação política e social em França
3/04/2024