Covid-19: Cabo Verde com mais três casos ativos em uma semana

Portugal e a Lusofonia Comunidade de Países de Língua Portuguesa Ver mais

Cabo Verde regista mais três casos ativos de infeção pelo novo coronavírus esta semana, em comparação com a anterior, segundo dados oficiais hoje divulgados.

De acordo com os dados do Ministério da Saúde, o país regista 13 casos ativos, quando há uma semana tinha 10, sendo que hoje foi contabilizado apenas um novo caso positivo em Santa Cruz (Santiago), em 101 amostras, e mais dois recuperados.

Com os novos dados, o país passou a contabilizar um acumulado de 55.991 casos positivos desde o início da pandemia no país, em 20 de março de 2020, dos quais 55.525 casos recuperados.

Do total de casos, 401 resultaram em óbitos, o último dos quais ocorrido em 22 de fevereiro.

Nos últimos 14 dias, ou seja, de 11 a 17 de abril, o Ministério da Saúde informou que foi analisado um total de 2.864 amostras (média de 205 por dia) e identificado um total de 30 casos novos.

A taxa de incidência acumulada a nível nacional, neste período, foi de 5 por 100 mil habitantes, a taxa de transmissibilidade (Rt) é de 0,79 e a taxa de positividade foi, em média, 1,0%.

Em relação à vacinação, até 17 de abril, Cabo Verde já tinha utilizado 704.698 (67,4%) doses de vacinas contra a covid-19, sendo que 318.299 (85,9%) adultos já tomaram a 1.ª dose, 274.495 (74,1%) de adultos já foram completamente vacinados e um total de 61.413 (16,6%) já tomou a dose de reforço.

Em relação aos adolescentes, um total de 45.649 (77,1%) já tomou a 1.ª dose e 37.506 (63,3%) já estão completamente vacinados, ainda segundo os mesmos dados.

Cabo Verde atingiu um recorde diário de cerca de 1.400 novos infetados com o novo coronavírus num único dia em janeiro, já com a nova variante Ómicron a circular no arquipélago, chegando então a registar mais de 7.000 casos ativos, mas a situação melhorou rapidamente a partir da segunda semana de janeiro.

O país voltou em 06 de março à situação de alerta, o menos grave de três níveis, prorrogado por mais três meses na passada sexta-feira, mantendo um nível “mínimo” de restrições devido à pandemia de covid-19.

A medida resultou da avaliação positiva da Direção Nacional de Saúde à situação epidemiológica do país, segundo informação do Governo.

Continua a não ser obrigatória a utilização de máscara na via pública, mas mantém-se essa obrigatoriedade nos espaços fechados de atendimento público, exceto em discotecas.

Deixou também de ser exigida a apresentação de certificado de vacinação ou de teste negativo no acesso a restaurantes e bares, mas continua a ser necessária essa apresentação para aceder a discotecas e locais de diversão noturna, bem como nas viagens interilhas e internacionais.

Últimas Notícias
Fundação da Guarda abre concurso literário às comunidades
6/06/2024
Orquestra europeia atuou na Alemanha com nove portugueses
6/06/2024
Portugueses da Alemanha comemoraram 10 de Junho em Berlim e Düsseldorf
6/06/2024
Portugueses já festejaram o 10 de Junho em Bruxelas
6/06/2024
Europeias: só precisa do Cartão de Cidadão para votar cá fora
6/06/2024
Emigração de portugueses para Itália está a bater recordes
6/06/2024
Paulo Pisco assinala Dia das Comunidades em Paris e Marselha
6/06/2024
Médica portuguesa distinguida por progressos na luta contra o cancro
6/06/2024