Empresa portuguesa de autoclismos equipa "casa sustentável" europeia

Vida Empresarial & Economia Empresas, Marcas e Produtos Portugueses

A empresa portuguesa OLI foi escolhida para equipar a “Casa Sophia”, um projeto europeu de construção sustentável assente nos pressupostos da bioconstrução, máxima eficiência energética e hídrica e preservação da saúde, revelou fonte empresarial.

A Casa Sophia, “a mais sustentável de Espanha”, é uma casa de 260 metros quadrados, distribuídos por dois pisos, onde são mostrados os sistemas e materiais utilizados, funcionando como “laboratório de trabalho e de investigação”.

Para António Ricardo Oliveira, administrador da empresa com sede em Aveiro, a escolha das soluções de banho da OLI para aquele projeto de construção de referência europeu “é o reconhecimento da sua estratégia de inovação, orientada para a criação de uma casa de banho hidricamente eficiente, confortável e segura para todos”.

Premeia também “a aposta no design de autor, desenvolvida através de parcerias com arquitetos e designers de renome mundial”, acrescenta António Ricardo Oliveira.

À sustentabilidade junta-se o design das placas de comando “Trumpet”, desenhada pelo arquiteto Álvaro Siza Vieira, “Less is More”, da autoria do arquiteto italiano Alessio Pinto e a Globe e Oceânia, premiada internacionalmente.

Para o projeto europeu da casa sustentável, a marca portuguesa forneceu também autoclismos “hidricamente eficientes” OLI74 Plus, com dupla entrada de água potável e água não potável reciclada, que permitem utilizar as águas pluviais da cobertura da casa para as descargas do autoclismo em substituição da água potável.

“Adicionalmente, a abertura retardada do reservatório da água do autoclismo, graças à torneira Plus, assegura uma poupança adicional do consumo hídrico”, refere a marca.

A OLI exporta 76% da produção para 80 países e em 2021 registou um volume de negócios de 70,4 milhões de euros.
 

Últimas Notícias
Andorra voltou a ouvir as janeiras em português
1/02/2023
Hugo da Costa: é preciso trazer mais jovens para a política
1/02/2023
Prémio Ferreira de Castro foi para português da Carolina do Norte
1/02/2023
Mianmar: igreja de comunidade lusodescendente foi totalmente queimada
1/02/2023
Isabel Sebastião assume coordenação do Ensino Português em França
1/02/2023
Camões e Santander renovam protocolo em nome da língua portuguesa
1/02/2023
Cafôfo exorta associações portuguesas no Brasil a concorrerem aos apoios do Estado
1/02/2023
Educação de crianças plurilingues deu mote a workshop no Luxemburgo
1/02/2023