“Portugal é muito mais que bacalhau e vinho do Porto”

Portugueses na Europa França Ver mais

Livro de Tiago Martins, um lusodescendente que nasceu e cresceu em Paris, é candidato à vitória em três categorias dos principais prémios de literatura culinária do mundo.

Tiago Martins, jovem lusodescendente com raízes na aldeia da Barrenta, no distrito de Leiria, lançou em outubro do ano passado o livro “A História de Portugal no meu prato”, uma obra que é candidata à vitória em três categorias no mais prestigiante concurso de livros de culinária do mundo, o Gourmand Awards.

Nas bancas com o nome de “L’Histoire du Portugal dans mon Assiette”, este livro colaborativo, escrito em francês, mistura a gastronomia, a história e o humor lusitano. Para tal, contribuíram com o seu cunho mais de meia centena de chefs portugueses radicados nos quatro cantos do mundo.

Ao BOM DIA, o jovem autor nascido em Paris explica que a iniciativa surgiu através do repto da editora à qual se associou, a Cadamoste Editions, de Sandra Canivet da Costa: “Aceitei o desafio porque sempre tive interesse em partilhar a cultura portuguesa, não só com os outros jovens lusodescendentes, que mal falam português, como também com os próprios franceses. Como sou um apaixonado pela gastronomia, quis mostrar que Portugal é mais que bacalhau e vinho do Porto. Surgiu então a ideia de aliar a gastronomia à história do nosso país”.

Por não se considerar um “legítimo autor especializado em gastronomia”, Tiago Martins colocou mãos à obra, apostou na diversidade e começou a contactar chefs portugueses, “desde os das mais pequenas tascas aos que trabalham nos restaurantes mais mediáticos”, tendo angariado cerca de 60 testemunhos.

No seu livro encontramos alusões à morcela de arroz, ao carapau seco da Nazaré e até à sopa do vidreiro, da Marinha Grande, mas as tradições e, especialmente, o humor, também são característica da obra, pelo que nem algumas das peças de loiça mais emblemáticas das Caldas da Rainha foram esquecidas.

“‘A História de Portugal no meu prato’ é mais do que um livro para enfeitar bibliotecas. Trata-se de um livro que se distingue dos demais por contar com uma forte componente humana, onde há histórias de infância, de guerra e de emigração”, contou-nos Tiago, enquanto recordava os verões passados a brincar junto dos avós na aldeia.

O jovem autor sente-se orgulhoso por ver a sua iniciativa na “alta roda” da culinária mundial, especialmente por ser o único português em concurso, e diz acreditar na vitória de pelo menos uma das categorias em que concorre. “Acho que, tendo chegado até aqui, há hipóteses de vencer. Estou nomeado para ‘o melhor livro em língua francesa’; ‘o melhor livro de cozinha e cultura portuguesa’ e ‘o melhor livro da emigração e diáspora’. O objetivo será conquistar uma delas”, assumiu.

Para esta edição dos Gourmand Awards, mais de 100 mil livros foram pré-selecionados. Os resultados, tão aguardados pelo portomosense, serão apenas conhecidos no final do mês de maio, em Umeå, a maior cidade do norte da Suécia, que conta com mais de 80 mil habitantes.

Ao nosso jornal, Tiago Martins assume ainda que, fruto do sucesso registado desde o lançamento da sua obra, está a preparar a sua tradução para várias línguas, incluindo o português.

Além da vertente da escrita, Tiago Martins é ainda responsável pela página de Instagram @portuguesefacts, um projeto que, tal como o nome indica, foi criado para partilhar factos da história e da cultura portuguesa além-fronteiras.

Em 2021, o jovem lusodescendente foi um dos membros do painel “Redes Sociais” da conferência Portugal Positivo, organizada pelo BOM DIA em Paris.

Artigo: bomdia.eu

Fotografia: DR

Últimas Notícias
Fundação da Guarda abre concurso literário às comunidades
6/06/2024
Orquestra europeia atuou na Alemanha com nove portugueses
6/06/2024
Portugueses da Alemanha comemoraram 10 de Junho em Berlim e Düsseldorf
6/06/2024
Portugueses já festejaram o 10 de Junho em Bruxelas
6/06/2024
Europeias: só precisa do Cartão de Cidadão para votar cá fora
6/06/2024
Emigração de portugueses para Itália está a bater recordes
6/06/2024
Paulo Pisco assinala Dia das Comunidades em Paris e Marselha
6/06/2024
Médica portuguesa distinguida por progressos na luta contra o cancro
6/06/2024