Smart Summit decorre em São Miguel para promover “empreendedorismo” dos Açores

Empresas, Marcas e Produtos Portugueses

Os empreendedores Rui Cordeiro, Vítor Costa e Venicio Ponte juntaram-se para organizar a Smart Summit, que vai decorrer em 01 e 02 de abril em São Miguel, para “promover” o “empreendedorismo” e a “inovação” dos Açores.

Em declarações à agência Lusa, Rui Cordeiro explicou que o evento partiu da necessidade sentida individualmente por cada um dos organizadores em ter uma iniciativa para “promover a inovação, a criatividade e o empreendedorismo” dos Açores

“O público tem tido muito mais interesse de que a gente estava à espera. Principalmente numa época de pandemia, estava à espera de muito menos aceitação. Já temos mais de 100 pessoas inscritas presencialmente. É uma ótima validação”, afirmou.

O evento, que vai decorrer no Nonagon – Parque de Ciência e Tecnologia de São Miguel, no concelho da Lagoa, irá incluir uma “feira de empreendedorismo, cujo objetivo é ter várias empresas com ideias em várias fases de maturação”, estando prevista a presença de “empresas grandes” e “outras mais pequenas”, tendo em vista “possíveis parcerias”.

Irão também decorrer conferências com “vários empresários para discutirem as suas dificuldades” e os seus “momentos de inspiração”.

“O objetivo principal, porque tudo o resto anda à volta disso, é capacitar as pessoas inovadoras e com ideias inovadoras para conseguirem ir desde a ideia até à criação da empresa”, assinalou.

A Smart Summit irá ainda realizar um “concurso de ideias aberto ao público”, cujo vencedor terá direito a um expositor na feira do evento, “acesso a palestras de inovação”, um “plano de seis meses” na empresa Atlantic Bikes (de partilha de bicicletas) e uma “bolsa de mentoria” de negócios e 'marketing'.

Segundo o organizador, já existem candidaturas provenientes da Escola de Novas Tecnologias dos Açores e de várias escolas secundárias de São Miguel.

“Se fizer sentido”, o grupo de empreendedores não descarta a ideia de “constituir uma entidade legal” – tanto pode ser uma “empresa, associação ou fundação” – para apoiar os empresários açorianos.

“Há vários anos que discutimos a necessidade de existir uma entidade particular e não-governamental para a informação ser mais informal e mais fácil e para as pessoas saberem mesmo o que fazer e não apenas falar apenas em termos etéreos”, destacou.

Os interessados em participar na “Smart Summit” devem preencher um formulário disponível na página ‘online’ do evento.

Últimas Notícias
Paulo Cafofo leva esperança à comunidade na Venezuela
18/05/2022
Portugueses arrecadaram nove medalhas em Malta
18/05/2022
Português assassinado a tiro em New Jersey
18/05/2022
Novo treinador não risca Ronaldo
18/05/2022
Dérbi português deu vantagem ao Paris Atlético
18/05/2022
Dérbi português deu vantagem ao Paris Atlético
18/05/2022
Vizela tem tratado que une Portugal e Inglaterra há 650 anos
18/05/2022
Joana Vasconcelos apresenta obra em Vincennes
18/05/2022